InícioPortalCalendárioFAQBuscarGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Entrevista com born antes da Oni-Con

Ir em baixo 
AutorMensagem
Tenshin

avatar

Mensagens : 207
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 23
Localização : Piracicaba/SP

MensagemAssunto: Entrevista com born antes da Oni-Con   Seg Out 12, 2009 10:00 am

entrevista - 10.10.2009 10:42
autor: Ruka
tradução: Guilherme




Antes de sua apresentação de estreia no Texas, o born respondeu nossas perguntas e revelou um pouco de suas personalidades.

Na expectativa de sua apresentação em Houston, Texas durante o fim de semana do Dia das Bruxas, a banda independente de visual kei born respondeu algumas de nossas perguntas sobre suas origens, influências, objetivos e sua visão para o futuro.

Os cinco de vocês tocaram juntos antes como RENNY AMY e como D&L. Antes disso, como vocês se conheceram?

born: Ryoga foi a pessoa que disse: "Vamos tocar juntos." Ele convidou o resto de nós.

Quando cada um de vocês decidiu se tornar músico e por que você escolheu tocar em uma banda de visual kei? Existem coisas específicas sobre visual kei que você gosta?

Ryoga: Eu gosto de música desde que era criança. Fui influenciado pelo LUNA SEA, então por isso resolvi fazer uma banda de visual kei.
K: Existe uma banda de visual kei que me ensinou muito sobre música e, por causa disso, eu fiquei interessado em participar de uma banda de visual kei.
Ray: Um guitarrista que eu gostava bastante pertencia a uma banda de visual kei.
KIFUMI: Desde que eu nasci no mundo já estava decidido que eu estaria no visual kei.
TOMO: Originalmente, eu gostava do som visual kei. E eles fazem um enorme impacto com os seus visuais - seus cabelos, maquiagem e figurino. Acho que esses aspectos são realmente marcantes e atraentes.

Quais são os significados dos nomes RENNY AMY e D&L, e por que vocês os escolheram? Por que vocês eventualmente escolheram o nome "born"?

born: De alguma forma, RENNY AMY soa muito legal para nós. Não há nenhuma razão específica para o nome. D&L significa "Dragon & Lion" e, no caso de born, nós queríamos ter um nome que representa o novo e esquecer sobre o passado.

Normalmente quando uma banda se separa (como o RENNY AMY) os membros iniciam ou participam de bandas diferentes, mas todos vocês se reuniram novamente sob um novo nome. Por que vocês decidiram fazer este novo começo e mudar seu nome?

born: Nós não nos separamos por causa de mudança de membros ou problemas. Nós ainda temos o mesmo objetivo, mas nossa maneira de pensar sobre a música vem mudando, por isso decidimos recomeçar como uma nova banda.

Para seus fãs que não falam japonês, poderiam nos contar que temas e imagens surgem em suas letras?

born: felony é baseada em experiências que realmente aconteceram em nossas vidas.

Seu primeiro single, Dust Pain, é uma música muito popular. Qual foi a inspiração por trás dela e o que vocês queriam transmitir para o público em sua primeira canção?

born: Nós não fomos inspirados por nada em particular. Nós queríamos fazer algo que representa bem o born. Dust Pain é como um cartão de visita para o born.

No seu álbum Abnormal Head Machine, há alguma canção que define mais o born, ou uma canção que vocês mais se orgulham?

born: Em Abnormal Head Machine nós fomos capazes de mostrar ao público que temos potencial. Não há nenhuma música específica que define o born porque nos orgulhamos de todas as músicas e cada uma delas descreve muito bem o born.

A canção Ruisai no hana é uma música muito bela e lenta, muito menos agressiva que a maioria de suas músicas. É mais difícil compor baladas? Qual foi sua inspiração para esta canção?

born: É mesmo? Ruisai no hana é uma bela canção? Na verdade, esta canção expressa ao máximo o interior mental. É pesada, uma música bem sombria. Nós fomos inspirados por sons de diferentes gêneros.

Para o seu novo single felony que saiu em julho, quais os conceitos de MAD whistle, the fragrance noise e felony?

born: As três músicas estão conectadas.Eu cometi um crime (felony). MAD whistle representa eu apreciando a situação. E the fragrance noise descreve eu lamentando o que fiz.

felony foi seu primeiro videoclipe; Como foi o processo de fazer o vídeo?

born: Tudo parecia novo, então nos divertimos o tempo todo.

Qual é o seu processo para criar músicas e quem cuida da maioria das composições?

born: Os dois guitarristas criam a base e o resto de nós arranja a canção.

Quais músicos influenciaram ou inspiraram você?

Ryoga: É difícil responder, eu fui inspirado por muitos músicos.
K: HIDE de X e J do LUNA SEA.
Ray: LUNA SEA.
KIFUMI: SUNAO.
TOMO: X, LUNA SEA e Kuroyume.

Qual foi o melhor show para cada um de vocês e por quê?

born: Todo show é excelente, então é difícil escolher um.

Logo vocês estarão tocando nos Estados Unidos pela primeira vez, em uma convenção de anime. Existe algum anime, mangá ou video games que vocês gostam?

Ryoga: Na verdade, eu não conheço muito sobre animes, então me diga um que é bom.
K: Na verdade não...
Ray: Eu realmente não tenho tempo para apreciar essas coisas, então eu não tenho nenhum favorito em especial.
KIFUMI: Mais ou menos.
TOMO: "Dragon Ball," "One Piece," "Yu Yu Hakusho," "Hunter x Hunter, " e assim por diante.

Vocês gostam de algum gibi americano? (Por exemplo, "Homem-Aranha," "Batman," "Jornada nas Estrelas"...)

Ryoga: Eu não faço idéia sobre gibis americanos.
K: Na verdade não.
Ray: Homem-Aranha!
KIFUMI: Mais ou menos.
TOMO: Não é um gibi americano, mas eu gosto do filme "Watchmen."

Poderiam nos contar algo sobre as personalidades de cada um de seus companheiros de banda?

Ryoga: Esforçado, selvagem, mas um cabeça oca.
K: Esforçado, devagar, inocente, mas um cabeça oca.
Ray: Esforçado, egoísta e um cabeça oca.
KIFUMI: Esforçado, estranho e um cabeça oca.
TOMO: Esforçado, divertido, mas um cabeça oca.

Quais são seus objetivos e espectativas para esta apresentação na Oni-Con?

born: Fazer nossa melhor apresentação! E fazer deste evento um sucesso.

Ryoga, nós sabemos que você tem muito contato com seu público no Japão, fazendo coisas como pular na platéia. Quais são seus pensamentos sobre isso? É um meio importante de se conectar com seus fãs?

Ryoga: Toda vez que me apresento, estou tentando fazer o que posso naquele momento. Eu não penso sobre o que devo fazer, eu apenas faço. Eu amo os fãs!

Muitos de seus fãs americanos não poderão estar em Houston para vê-los. Se possível, vocês estariam interessados em voltar para diferentes partes dos EUA e também lugares como a Europa e a América Latina?

born: Claro. Nós gostaríamos de ir para todos os países ao redor do mundo.

Poderiam nos contar um pouco sobre seus planos para o futuro?

born: Nosso objetivo é fazer as melhores e mais legais canções, e fazer as melhores apresentações do mundo.

Por favor, deixe uma mensagem para seus fãs.

Ryoga: Por favor, continuem ouvindo o born.
K: Yoroshiku!
Ray: Estou ansioso para vê-los.
KIFUMI: Yoroshiku!
TOMO: Sejam intensos, sejam loucos!


JaME gostaria de agradecer born e Cure Media USA.

---

Waaa! Como eu gosto de entrevistas! *-----------*
Serio, gosto muito mesmo...porque da pra ficar sabendo como eles são, e na maioria das vezes eles são engraçadinhos! :3
Vou colocar entrevista do SuG e do Lolita aqui depois! *-------*

JaNe!! >____<

_________________

- Porque não existem coincidências, apenas o destino... -
[HikariRPGs|Nautiljon|JaMEbr|TávolaRPG|Fan.Stay]
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://clan-hikari.blogspot.com/
 
Entrevista com born antes da Oni-Con
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Podcast Revolution #013 - Entrevista com Tio Alex.
» Entrevista com Leticia Tomazini
» Lazer antes do tumulto (ou não)!
» A.Diniz
» [Comentários]Torneio de Fotos Especial de Aniversário Guerra Galatica 2ª Fase - Seiya Vs Shiryu

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: J-rock-
Ir para: